CÁUCASOS · KEFIR · MUDANDO OS HÁBITOS · SAÚDE

KEFIR

A origem D o 💫Kefir💫

 💫 Keif💫significa “bom sentimento

O povo Abkhasia das montanhas do Cáucaso do sul da Rússia tem a reputação de viver muito e com saúde. 

O governo da União Soviética afirmava que as pessoas chegavam até os 150 anos, se casavam com 110 e eram pais com 136 anos. 


Não há estudos internacionais epidemiológicos sobre estes dados, somente se conhece os estudos nacionais soviéticos.

Eles vivem em montanhas e sobem e descem para cima e para baixo respirando ar completamente puro, isto é, possuem atividade física bem razoável. 

A dieta é baseada em alimentos plantados na agricultura local, com alimentos frescos, grãos integrais e vários tipos de nozes. 

O dia começa com uma salada de vegetais crus colhidos da horta doméstica. 

Em toda refeição estão presentes diversos tipos de nozes. 

Apesar de viverem em ambiente muito frio a dieta tem menos que 2000 calorias / dia o que significa na prática uma restrição calórica. 

Lá, idade proporciona “status” e respeito e os anciãos nunca se aposentam, permanecendo ativos e participantes das atividades da comunidade.

Nesta região é típico a ingestão de 💫Kefir💫, rico em lactobacilos e outros microorganismos benéficos para a flora intestinal, descoberto por Metchnikoff, prêmio Nobel de microbiologia. 

O 💫Kefir 💫de leite proporciona muitos efeitos benéficos para a saúde humana, incluindo a melhoria do sistema imunológico, a regularidade da função intestinal, a melhoria da textura da pele, a prevenção do câncer de mama, próstata e colo-retal ao lado de uma boa disposição geral.

O 💫Kefir💫 é diferente do yogurt e da coalhada.


💫 Kefir 💫é uma mistura de leveduras e bactérias, vivendo em simbiose em um micro ambiente peculiar com uma matrix de polisacarídeos, que se reproduzem continuamente na dependência de uma fonte de carbonos como o leite. 

Durante muitos e muitos séculos os pastores do Cáucaso, fazem o uso do 💫Kefir💫

Os pastores Caucasianos, transportavam o leite em bolsas de couro, antigo cantil, onde este fermentava num iogurte borbulhante e azedo.

O 💫kefir💫

É uma bebida bastante popular na Russia, que dependendo do grau de fermentação, pode tornar-se inclusive ligeiramente borbulhante e alcoólica. 

O 💫kefir💫 é obtido a partir de leite. 
🐄 leite de vaca

🐐 leite de cabra 

🐏 leite de ovelha

Ilya Ilyich Mechnikov – biologo

Elie Metchnikoff, um biólogo ganhador do prêmio Nobel, do Instituto Pasteur, foi o primeiro a sugerir – em 1908 – que os lactobacilos poderiam neutralizar os efeitos da putrefação no metabolismo gastrointestinal. 

Ele atribuiu a vida longa e saudável dos moradores do Cáucaso ao seu largo consumo de leite azedo. 

Nos dias de hoje o interesse pelas pesquisas em probióticos é cada vez maior, e aí se inclui o interesse por bebidas fermentadas como o 💫Kefir💫

A Cultura do 💫Kefir💫
Existem dois tipo de 💫kefir💫:
💫Kefir💫 de água, pequenos grãos transparentes que fermentam em água ligeiramente adoçada.
💫Kefir💫 de água, grãos brancos ou levemente beges, que se parecem um pouco com couve-flor amolecida e fermentam o leite.
O 💫kefir💫 é uma cultura viva, uma simbiose complexa de mais de 30 tipos de microflora que formam grãos ou estruturas parecidas com a flor da couve-flor no leite. 
Confome essas culturas fermentam o leite, essas estruturas crescem, criando novos grãos no processo.  
O verdadeiro 💫kefir💫, de culturas vivas, é um processo infinito de auto-propagação.
Por conta da presença de tantos microorganismos benéficos, o 💫kefir💫é considerados por muitos um antibiótico natural – povoando nosso organismo com bactérias do bem, não sobra espaço para bactérias causadoras de doenças, é uma equação fácil de entender!
Os microorganismos presentes no 💫kefir💫 incluem bactérias do ácido lático, Lactococcus lactis subsp. lactis, Streptococcus thermophilus, Lb delbrueckii subsp. bulgaricus, Lb helveticus, Lb casei subsppseudoplantarum, e Lb brevis, uma variedade de fermentos como Kluyveromyces, Torulopsis, e Saccharomyces, bactérias de ácido acético, entre outras.

Eles dão ao 💫kefir 💫grandes qualidades, que impedem o leite de ser colonizado por bactérias nocivas. 

Já foi observado em testes de laboratório que os microorganismos do 💫kefir💫 têm o poder de inibir os patógenos da salmonella e do E.coli.
Estudos por @crismagaldii & @sidineiasch as #kefirshians 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s